Não Julgar Para Não Ser Julgado

Quando caímos na tentação do julgamento, cometemos um erro de proporções gigantescas. Isso porque tal atitude entra no mérito da Inteligência Universal. Foge totalmente da nossa alçada. A capacidade do não julgamento é um estado de excelência que deve ser almejado diuturnamente. Ao julgar, fatalmente condenamos de forma equivocada porque temos uma visão limitada que não comporta o Todo. Sendo assim, nossa análise julgadora será sempre falha, em cem por cento das vezes. É impossível separar o julgamento da condenação.Read More