O Princípio Criador e a Lei da Atração

Clique no player para ouvir este conteúdo

A Lei da Atração é invariável e impessoal. De acordo com essa Lei, toda causa produz um efeito que lhe corresponde. Assim, mesmo que de forma inconsciente, no nível da nossa essência mais profunda, produzimos ações que desencadeiam reações em cadeia que constroem o caminho por onde trilhamos. Em outras palavras; produzimos o bem e o mal que acalentamos na alma. Dessa forma, nossos sentimentos mais íntimos se traduzem em nosso céu ou inferno.

Quer saibamos ou não; quer queiramos ou não, estamos sempre recebendo um retorno proporcional a tudo aquilo que emitimos. Dessa forma, criamos o bem e o mal que experimentamos. Sentimentos nobres e elevados geram bênçãos ao mesmo tempo em que as emoções ruins desencadeiam fluxos negativos que prejudicam a nossa vida.

Note que a teia complexa da vida não é resultante de uma mera causalidade como muitos pensam. Também não se trata de um determinismo divino, elencado à revelia por um tirano que vive em algum canto do céu. Na verdade, nós é que a moldamos através da emissão de vibrações boas e más. Sem querer e sem saber, criamos o céu e o inferno que experimentamos sensorialmente.

Meu amigo! Minha amiga! Não existe um ser tirânico e cruel sentado em um trono afixado em determinado lugar, no alto do céu, agindo de forma sarcástica, julgando e condenando a nossa ignorância e nossas limitações de maneira cruel. Também não haverá um tempo específico, numa era vindoura, onde seremos julgados e condenados por nossas falhas humanas embasadas na ignorância. O céu e o inferno são, antes de mais nada, estados de espírito.

Na verdade, o Princípio Criador é impessoal e opera mediante leis eternas e invariáveis, embasadas no princípio da inclusão. Tudo aquilo que ocupa a sua consciência é incluído em sua vida, seja isso bom ou mal. Assim, seus sentimentos de alegria atraem circunstâncias e acontecimentos felizes ao mesmo tempo em que suas emoções tristes, melancólicas e raivosas atraem catástofes. Sabendo disso, parta para uma postura mais elevada a partir de agora. Não dê poder aos fenômenos em si, sabendo que os mesmos significam apenas a reflexão de causas primárias elencadas por sua consciência.

Sempre o que irá perpetuar em sua experiência, será a soma daquilo que mais ocupa a sua consciência. Por isso, procure inebriar a sua mente com bons sentimentos a partir de hoje. Persista na prática sentir-se bem ciente de que nenhum mal pode resistir por muito tempo ao fluxo do bem-estar.

Alegria, amor, gratidão, contentamento, esperança, entusiasmo e fé em si mesmo e na vida. Se esses sentimentos passarem a ocupar a maior parte do seu tempo mental e emocional, você será capaz de subjugar todas as forças malignas.

Você não precisa ignorar o mal do mundo. Mas deve se esforçar ao máximo para colocá-lo em segundo plano, dando preferência a tudo o que seja bom, belo e justo, vivendo sempre na alegre expectativa do melhor.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.

CLIQUE NAS IMAGENS E CONHEÇA OS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.