O Mestre Interno

Clique no player para ouvir este conteúdo

Recebo dezenas de e-mails por semana de pessoas que insistentemente me chamam de mestre. Nego veementemente essa condição e me coloco sempre na humildo condição de eterno a Aprendiz.

Infelizmente as pessoas confundem as coisas. Acreditam que possuo algum poder superior e, em contrapartida, solicitam algo especial que as façam sair de uma situação desfavorável. Sempre digo que o que de melhor tenho a oferecer está na Casa do Aprendiz. Diante dessa resposta, muitos sabiamente reconhecem que há muito que aprender e se comprometem a explorar melhor o conteúdo do site. Uma pequena parte insiste em buscar uma solução mágica que, infelizmente, não posso causar em suas vidas. Isso porque, embora eu tenha muita experiência na área de autoconhecimento, não posso fazer nada além do que mediar uma mudança que cada pessoa deve fazer, a seu modo.

Não existe nenhum mago, guru ou mestre, por mais evoluído que seja, com poder para adentrar na consciência alheia e fazer uma alteração de percepção à revelia. Se alguém diz ser capaz de transformar uma pessoa com seu próprio poder, certamente é um charlatão.

Qualquer manifestação de poder, seja um milagre de cura, uma virada na sorte ou uma libertação espiritual, decorre sempre da resposta do subconsciente a uma autossugestão. Digo isso porque sei que mesmo quando a sugestão vem de outra pessoa, precisa ser internalizada para que seja aceita como verdade pela mente mais profunda. Ou seja; a resposta a qualquer interferência externa sempre advém da autoaceitação de quem está sendo manipulado, nunca do manipulador.

Os fatores externos como imposição de mãos, amuletos, imagens, incensos, rituais, músicas e outros artefatos não tem poder algum em si mesmos. Às vezes podem até contribuir para a evolução do processo proposto em virtude da aceitação emocional dos devotos. Mas são inertes por si mesmos, desprovidos de quaisquer poderes mágicos ou sobrenaturais.

O poder de crer e criar está dentro de cada um de nós. A liberação dessa força interior, seja por acidente ou de forma intencional, torna qualquer pessoa sobre a face da terra capaz de operar milagres de autocura, atrair a sorte, ser feliz ou produzir riquezas tangíveis.

Você não precisa de nada que venha de fora para mudar o que está dentro. Basta alterar o foco da sua mente para tudo o que seja capaz de ampliar a sua percepção. Não estou querendo dizer com isso que você deva abandonar suas crenças pessoais, dispensar seu médico ou desprezar seus instrutores. Apenas quero demonstrar que a mudança real sempre dependerá da sua prévia aceitação.

Aceite ajuda. Busque apoio. Mas nunca esqueça que isso precisa ser convertido em autoajuda para que possa emergir de dentro para fora e se tornar algo real. Saiba que o poder que está em você é maior que qualquer fator externo. Isso porque existe um canal de ligação direta entre o seu Eu Interior e a Inteligência Suprema do Universo que gerencia tudo com rigor, justiça e muito amor.

Somos o que somos porque nossa consciência atual é essa. Jamais seremos maiores ou melhores do que aquilo que acreditamos ser. No entanto, apesar de ser o Calcanhar de Aquiles do processo criativo, visto que é difícil assumir a responsabilidade pelo que somos e experimentamos, essa regra é justa e perfeita. Ora, seria injusto receber algo além do que temos em nossa essência.

Cada um é o que sente ou imagina ser, nem mais, nem menos. Experimentamos tudo o que secretamente acalentamos na alma. Obviamente, ninguém quer vivenciar um acidente. Seguramente, nenhuma pessoa deseja ficar doente ou viver uma vida cheia de privações. No entanto, num nível mais profundo, todos – inclusive eu – permitimos a maculação da consciência. Incluo-me nesta lista porque, assim como todas os seres imersos neste plano tridimensional, não sou perfeito.

O devaneio de uma vida paradisíaca é algo possível apenas para quem é perfeito. No entanto, a perfeição é algo muito distante da nossa realidade humana. Pertence ao reino do Divino. Entretanto, qualquer passo, por mais pequeno que seja nessa direção, gera uma infinidade de bênçãos em nossa vida.
“Gostaria de colocar um parêntese aqui para dizer que a perfeição é a finalidade de todo ser humano. Mas essa meta compreende uma escalada evolutiva que foge de toda compreensão racional porque está muito além dos limites entre a vida e a morte. Quem puder entender, entenda.”

O segredo para provocar a mudança que desejamos não está em alcançar a perfeição aqui e agora, mas em fazer acontecer uma ampliação constante da nossa essência. Cada vício, erro ou limite superado traz uma alegria sem precedentes e nos mostra que a vida pode ser maravilhosa.

Faça tudo acontecer. Seja seu próprio mago e mestre. Provoque a mudança que você deseja em sua vida. Só você e ninguém mais pode fazer isso. Comece pequeno, mudando o estado de espírito, do “ser menos” para o “ser mais”; do “ser menor” para o “ser melhor”; do “não posso” para o “eu posso”; do “eu desejo” paro o “eu sinto”.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.

CLIQUE NAS IMAGENS E CONHEÇA OS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.