O Céu e o Inferno

Clique no player para ouvir este conteúdo

Todo ser humano que vive neste planeta nasceu dentro da perspectiva de alcançar uma vida saudável, próspera e feliz. O Universo, em sua infinita sabedoria, estabeleceu as bases propícias mediante as quais a vida plena, o céu idealizado pela metafísica, é nossa condição essencial. Infelizmente, por conta da interferência do meio, alterado de forma drástica por uma conduta social contrária às Leis Universais, cada vez mais nos distanciamos da corrente do bem-estar cósmico.

Olho à minha volta e vejo cada dia com mais clareza, como as pessoas estão distantes da sua verdadeira natureza essencial. Acreditam na doença, na dor e no sofrimento. Muitos até admitem que viver é sofrer. Outros sucumbem mediante um quadro sombrio e depressivo criado pela somatória de maldades e malícias triviais, pois não percebem que os pequenos erros vão se somando e, aos poucos, produzem grandes efeitos negativos e devastadores.

O sofrimento é grande e está por toda parte. No entanto, todo aquele que conhece o modo de ação cósmico, sabe que não existe injustiça na Obra Divina e que nada é fruto do acaso. Pelo contrário, cada um está colhendo os frutos daquilo que plantou ou permitiu que plantassem em sua essência.

A sabedoria secular diz que não há um justo, nenhum sequer. Isso é fato, tanto aqui quanto acolá; tanto antes como agora. A justiça completa exigiria perfeição, algo ainda distante diante do quadro evolutivo em que nos encontramos. Por conta disso, todos sofremos, sem exceção. No entanto, podemos melhorar, em muito, nossa conduta e ampliar nossa percepção, a ponto de superar grande parte de nossas limitações e assim afastar de nossa vida muitas tribulações e sofrimentos desnecessários.

Ao executar de forma persistente e laboriosa uma alteração em sua essência com base na aplicação da Regra de Ouro e do Princípio Universal de Causa e Efeito, você será capaz de converter um inferno em céu. Embora não seja possível vivenciar uma experiência paradisíaca permanente estando neste mundo dual, dá para realizar uma transformação maravilhosa e descobrir a delícia que é viver sem tensão, experimentando uma paz interior inimaginável. Para isso, basta mudar o foco de suas emoções para a perspectiva do bem, em todas as dimensões possíveis.

Toda experiência consiste numa reação a algo outrora internalizado, consciente ou inconscientemente. Então, antes de reclamar sobre qualquer situação negativa que esteja incomodando sua vida, faça um exame de consciência e veja onde você está errando. Não adianta nada culpar o sistema, Deus ou as outras pessoas pelo que lhe ocorre. Busque em seu íntimo a origem do mal de forma sensata e sem ressalvas e você descobrirá onde precisa mudar.

Todo e qualquer ser humano que tenha as faculdades mentais em equilíbrio, sabe diferenciar o bem do mal. E, ciente do que é certo ou errado, justo ou injusto, honesto ou desonesto, qualquer um pode aplicar a Regra de Ouro na vida diária. Saiba que se você não fizer aos outros o que não deseja a si mesmo, estará agindo em concordância com a Lei ditada por grandes mestres espiritualistas e praticando a religião correta, mesmo que nunca tenha adentrado a um templo físico.

As Grandes Verdades Universais são simples, apesar de toda mistificação criada por homens que pretendem usurpá-las para obter controle e poder sobre os outros. Esqueça os milhares de compêndios espirituais e largue mão de procurar o sentido da vida em enciclopédias místicas, herméticas ou esotéricas. A regra é simples e clara: más ações produzem reações ruins; ações nobres produzem efeitos maravilhosos. Simples assim!

Deus está nas coisas simples e sua justiça não pode ser limitada a poucos seres cultos que confundem conhecimento com sabedoria. O indígena isolado no meio da floresta que faz do bem a sua filosofia de conduta está mais perto do divino que o pastor que cultiva a inveja, a cobiça e a prepotência. O teólogo cheio de malícia e pretensão está bem atrás na senda da evolução do que o analfabeto que nunca leu a Bíblia, mas que cultiva o amor, a boa vontade e a justiça.

Certamente, desde há muito tempo, você sabe o que é bom para si mesmo. Agora também está compreendendo que todo mal direcionado a quem quer que seja, cedo ou tarde retorna como reação e recompensa.
É importante compreender que vivemos num Universo que não julga, não pune e não castiga, apenas retribui com boa medida, recalcada, sacudida e transbordante a cada um, segundo seus méritos e deméritos.

Existem centenas de religiões no mundo tentando explicar quem somos, de onde viemos e para onde vamos. No entanto, o homem sensato olha para dentro de si mesmo e percebe que as coisas são bem mais simples do que se fala por aí. Sem querer ser o dono da verdade, nem a mínima pretensão de decifrar os enigmas da vida e os segredos do “além”, escrevi este artigo apenas com o intuito de mostrar que você é capaz de transformar um inferno em céu ou vice-versa.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.

ESCREVA SEUS PRÓPRIOS DECRETOS DE PODER E NÓS OS TRANSFORMAREMOS EM ÁUDIOS PODEROSOS DE TRANSFORMAÇÃO PESSOAL. CLIQUE NA IMAGEM A SEGUIR E SAIBA TUDO.

 

 

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.