Não Julgar Para Não Ser Julgado

Clique no player para ouvir este conteúdo

Quando caímos na tentação do julgamento, cometemos um erro de proporções gigantescas. Isso porque tal atitude entra no mérito da Inteligência Universal. Foge totalmente da nossa alçada.

A capacidade do não julgamento é um estado de excelência que deve ser almejado diuturnamente.

Ao julgar, fatalmente condenamos de forma equivocada porque temos uma visão limitada que não comporta o Todo. Sendo assim, nossa análise julgadora será sempre falha, em cem por cento das vezes.

É impossível separar o julgamento da condenação. Ao fazer nosso ajuizamento dos fatos, olhamos sob um prisma defeituoso, por conta de nossos parcos recursos de percepção. E a partir de tal visão deturpada, condenamos de forma equivocada.

Sempre!

Ao julgar com base em nosso ponto de vista pessoal limitado, criamos um falso juízo. Por conseguinte, acabamos por atrair uma série de circunstâncias negativas.

Somos medidos com a mesma régua com que medimos.

Nesse maravilhoso Universo do Deus do amor, nada fica sem a devida recompensa; nem o bem, nem o mal. Mas note que isso não precisa ser caracterizado como julgamento ou condenação. É simplesmente o resultado da Lei de Ação e Reação em franca atividade.

Todo ato se paga a si mesmo, dizem as antigas escrituras. Isso pode ser visto como julgamento pelas mentes mais ardilosas. Mas, não é!

Quando ampliamos o leque da percepção, percebemos que não há um deus em algum lugar no céu julgando e condenando. Trata-se apenas da aplicação de uma Lei Universal invariável e eterna: a Lei de Causa e Efeito.

Você pode acreditar que existe um deus (com “d” minúsculo) apto a fazer o “julgamento”. Mas também pode entender que “O Pai a ninguém julga”, como bem disse Jesus.

Por favor, Aprendiz!

Comece a viver sem julgar nada nem ninguém. Caso contrário, irá passar o resto da vida julgando, condenando e, por conseguinte, sendo julgado e condenado. Não por Deus; mas, por sua própria consciência.

Quem julga, condena. E toda condenação se volta contra o julgador.

Não foi à toa que um sublime sábio disse certa ocasião: “Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados.”

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.

CLIQUE NAS IMAGENS E CONHEÇA OS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.