Liberando Memórias Ruins

Clique no player para ouvir este conteúdo

memóriasDurante mais de duas décadas pesquisando sobre técnicas de autoconhecimento e aperfeiçoamento pessoal, conheci muitas práticas realmente efetivas. Além da Lei da Atração, com a qual tenho mais afinidade, alcancei êxito também com EFT, PNL, Poder da Mente, Pensamento Positivo e Meditação, dentre outras. Nos últimos dois anos, aprendi uma nova prática que considero de suma importância para o meu amadurecimento na área do autoaperfeiçoamento. É uma antiga técnica havaiana de liberação de memórias, conhecida como Ho, oponopono.

Conheci o Ho, oponopono de forma tardia, através de um excepcional livro do escritor americano Dr. Joe Vitale, denominado Limite Zero. Já até escrevi um artigo sobre essa descoberta que você pode Ler Aqui.

Tempos depois de ter escrito algo sobre essa filosofia milenar, reli o livro do Dr. Joe Vitale e, surpreendentemente, foi como nunca tivesse feito isso. É incrível como nossas concepções mudam com o passar dos dias. Em pouco tempo, a releitura de um livro, aliada a outras pesquisas acerca do tema, proporcionaram-me visões e percepções absolutamente distintas. Certamente, à primeira leitura, eu não tinha uma clara visão a respeito de como as memórias inconscientes influenciavam nas minhas atitudes e ações. Agora, entendo e aceito isso muito bem.

Mesmo antes de ler o livro Limite Zero, eu já tinha ouvido falar sobre Ho, oponopono em sites na internet. No entanto, as análises simplificadas do método não fizeram muito sentido para mim. Felizmente, o Dr. Joe vitale é um escritor que consegue colocar entusiasmo nas palavras. Foi com ele que eu aprendi a dar um melhor significado ao mantra do Ho, oponopono, ainda que eu tivesse que ler o livro por duas vezes até assimilar a técnica.

“Sinto muito.” “Por favor, me perdoa.” “Eu te amo.” “Obrigado!” Essas palavras tão simples e diretas tem um poder transformador tremendo. Mas, para que as mesmas façam sentido, é necessário compreender todo o conceito da filosofia havaiana. O livro Limite Zero serviu-me de estímulo para isso. Fui atrás e descobri como carregar essas frases, aparentemente simplistas, com uma energia tremenda, a ponto de fazê-las provocar curas físicas, mentais, espirituais e financeiras.

Segundo o Dr. Hew Len, principal disseminador vivo da técnica, a metodologia do Ho,oponopono é eficaz porque libera as nossas memórias negativas, raízes de todos os males repassados como herança, de geração em geração. Por conta disso, é preciso fazer uma preparação prévia antes de professar a oração básica do método. Isso seguramente requer toda uma compreensão que só pode ser alcançada mediante um estudo mais aprofundado.

Basicamente, antes de se chegar ao veredito expressado nas quatro falas da oração síntese do método, o praticante recita uma oração prévia que conclama um apelo à Divindade. Diz o seguinte:

“Divino criador, pai, mãe, filho como um só… Se eu, a minha família, os meus parentes e os meus ancestrais ofendemos a ti, tua família, teus parentes e teus ancestrais em pensamentos, palavras, realizações e ações desde o início da criação até o presente, pedimos o teu perdão… Permita que isto limpe, purifique, libere, interrompa todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas, e transmute essas energias indesejáveis em uma luz pura. E está feito.”

Logo após, é recomendado que se repita as quatro declarações essenciais do Ho, oponopono, por várias vezes, dirigindo-as ao Divino dentro de si mesmo.

“Eu te amo.”
“Sinto muito.”
“Por favor, me perdoa.”
“Obrigado!”

Quando da primeira leitura do livro Limite Zero, tentei por alguns dias executar essas práticas, sem contudo, obter êxito em minhas expectativas. Obviamente, eu ainda não estava pronto. Somente agora, depois da releitura do livro de Joe Vitale, precedido de um estudo mais aprofundado a respeito da técnica, foi que os resultados começaram a aparecer.

O Ho, oponopono é uma filosofia de vida fantástica que, uma vez assimilada por nossa essência, traz uma libertação profunda, em níveis da existência que vem de muito antes do nosso surgimento nesse mundo físico e vão para muito depois. Vale a pena conhecer melhor essa metodologia milenar.

É essencial compreender a natureza transcendental da vida para que a nossa evolução seja levada a cabo, com eficiência. O Ho, oponopono é uma proposta viável, mas que precisa, acima de tudo, ser bem assimilada. E, para um ocidental mediano como eu e você, não será um simples artigo que terá poder suficiente para trazer um entendimento profundo. Espero que o presente artigo possa servir de estímulo para que você leve em consideração uma pesquisa mais aprofundada acerca dessa técnica milenar de liberação de memórias ruins.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.

CLIQUE NAS IMAGENS E CONHEÇA OS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.