Emoções Que Atraem Mais Dinheiro

Clique no player para ouvir este conteúdo

Emoções relacionadas à abundância, atraem dinheiro.

Se você passa por privações no campo financeiro é porque, seguramente, carrega consigo crenças limitantes relacionadas à riqueza, tais como como: viver é sofrer, o dinheiro é algo sujo, o sofrimento purifica a alma, sorte é pra poucos, o céu é dos pobres, os ricos são maus e assim por diante.

Essas muitas outras crenças limitadoras podem estar implantadas em sua essência como verdades incontestáveis. E, seu subconsciente, servo fiel das suas emoções, analisa cegamente tudo isso e diz: “seja feita a sua vontade”. Por conta disso, embora lute para ter mais dinheiro todos os dias, as coisas não dão certo.

A riqueza é, antes de mais nada, um estado de espírito. Por isso, enquanto a sensação de carência permear sua essência, nada de prosperidade. Não adiantará rezar, implorar ou suplicar aos céus por mais dinheiro enquanto a consciência da riqueza persistir em sua mente.

A prosperidade que você quer, precisa e merece, exige uma readequação natural no padrão dos seus pensamentos e sentimentos. Requer uma reestruturação profunda das suas emoções, hábitos e convicções no sentido de criar um estado interior de riqueza.

Se você deseja ter mais dinheiro será necessário entrar em contato positivo com a energia do dinheiro. Mesmo não o tendo, você pode atraí-lo ao abandonar as velhas crenças limitadoras relacionadas à prosperidade.

Você pode não estar rico ainda, mas pode crer na abundância divina observando a grandeza da obra cósmica e assim fazer germinar a consciência de riqueza em sua alma, mediante a qual o fluxo do dinheiro será restabelecido.

É necessário cultivar a consciência de que o dinheiro é uma forma de energia. Mais que isso, você precisa aceitar a abundância como um dos atributos essenciais da Criação. Para que isso ocorra, basta vislumbrar a exuberância e a extravagância da natureza. Indo além, contemple a incomensurável riqueza e prodigalidade do universo e você perceberá que Deus é o primeiro rico.

Você deve eliminar a visão limitada acerca de Deus e da vida e passar a acreditar que o Criador quer a sua expansão, assim como o faz com todas as coisas. Acredite que seu crescimento pessoal será, com certeza, regozijo para todo o Universo porque, ao crescer, você está em harmonia com o propósito da Grande Obra Cósmica que é a expansão permanente.

Você pode e deve desejar ter mais dinheiro para usar de forma livre e jovial, sem reservas ou crise de consciência. Saiba que não é porque alguns têm muito que outros são pobres. Certamente, a avareza e a ganância inescrupulosa são atitudes insensatas. Mas não é isso o que faz com que ricos fiquem cada vez mais ricos e pobres cada vez mais pobres. A origem da riqueza e da pobreza está muito além das relações humanas; ambas provém da alma de cada ser. São, antes de tudo, estados de espírito ou energia.

Por favor, Aprendiz! Apague de sua mente a crença de que o dinheiro é amaldiçoado, sujo e pecaminoso, passando a acreditar que o a riqueza é uma energia concentrada que pode produzir alegria, fartura, crescimento.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.
Conheça os métodos de desenvolvimento pessoal do Aprendiz clicando nas imagem a seguir.

 

 

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.