Elimine a Procrastinação

Clique no player para ouvir este conteúdo
Procrastinação
Procrastinação

A procrastinação pode vir de diversas origens: preguiça, medo do novo, autopunição, medo de sofrer, insegurança, sentimentos de menos valia, baixa autoestima, dentre tantas outras. Seria necessário um artigo inteiro apenas para enumerar suas causas. Mas isso não importa muito. O que vale é compreender o que precisamos fazer para nos livrar dessa praga emocional que destrói sonhos e aniquila vidas.
Eu demorei muitos anos para desmontar o quebra-cabeças que gerava uma procrastinação ardilosa, demolidora de todas as minhas tentativas de evoluir e crescer. Sempre arrumava uma desculpa para permanecer na famigerada zona de conforto que, de “zona de conforto”, não tinha nada.
É incrível como o nosso subconsciente nos trai em virtude da sua natureza essencial que, em nome da autopreservação, combate qualquer ameaça ao estado atual, falsamente considerado como “estado ideal”.
A autossabotagem engendrada nos recônditos mais profundos do inconsciente coletivo tem origem no instinto de preservação delineado ao longo do processo evolutivo da espécie humana. É útil até certo ponto, enquanto nos protege dos perigos reais. Mas, torna-se um bumerangue prejudicial quando confunde falsos temores com a realidade.
A procrastinação é um dos tentáculos mais tenebrosos da autossabotagem. Procrastinar consiste em adiar aquilo que precisamos fazer. A tal mania de protelar; deixar pra depois. É alimentada pela nossa objeção por procurar sempre um atalho, ao invés de seguir o caminho. Pode ser caracterizada também como sendo a forma pela qual priorizamos o prazer imediato, mesmo que essa escolha não seja a mais produtiva, sábia e sensata, em longo prazo.
No momento em que escrevi este artigo, tinha muitas opções a seguir, aparentemente mais prazerosas do que me concentrar, escolher um tema, encontrar argumentos, escrever, ler, reler, corrigir os erros etc. Bem que eu poderia ter optado por conversar com os amigos no Skype, trocar mensagens no WhatsApp ou simplesmente navegar na internet, em páginas de entretenimento, despreocupado e livre de responsabilidades. Isso seria bem mais agradável, não é mesmo?
Escolher o entretenimento, no meu caso, parecia algo tentador porque traria um prazer imediato. No entanto, se tal prática fosse seguida, poderia ser convertida em hábito, alimentando processos de autossabotagem, gerando a procrastinação que, em pouco tempo, bloquearia a minha vontade de escrever, minando a minha criatividade. Diante da possibilidade de escrever ou me divertir, ponderei que tudo tem um preço. E, optei por fazer acontecer ao invés de simplesmente apreciar os acontecimentos produzidos pelos outros.
Eliminar a procrastinação é algo imprescindível, caso você queira estar à frente dos seus pares. Escolher a comodidade e o prazer fugaz, em detrimento das suas nobres aspirações, pode até parecer uma ótima escolha agora. Mas, a longo prazo, é isso que faz a diferença entre o êxito e o fracasso.
Não é preciso abster-se dos prazeres do mundo para causar uma mudança interna que seja capaz de eliminar a procrastinação. O que você precisa é apenas tomar ciência de que o seu bem-estar precisa estar ancorado em um processo responsável de ação e criação. É necessário redimensionar os aspectos positivos e negativos de cada tomada de decisão, sabendo que o que se faz agora, repercute no futuro de forma irrevogável, trazendo consequências benéficas ou maléficas, dependendo da opção original.
Você pode optar por seguir a uma novela fugaz, durante os próximos meses. É uma opção sua. Agora, pense comigo: a longo prazo, o que traria mais benefícios positivos; fazer isso ou participar de um curso noturno, dentro da sua área de atuação?
Eis a diferença que faz a diferença: enquanto a maioria das pessoas assiste a uma programação alienante, elaborada por uma equipe mentora que incita ao consumo desenfreado, o futuro homem vitorioso lê um livro de autoaperfeiçoamento ou participa de um treinamento em desenvolvimento pessoal.
As suas escolhas atuais determinarão seu futuro, Aprendiz. Portanto, pense a médio e a longo prazo. Seja coerente com suas escolhas e não abra mão de suas horas de lazer. Mas também não queira transformar a sua vida em um eterno recreio porque isso é sandice.
Seguir o fluxo imediatista embasado na “onda do momento” pode parecer tentador, mas trará consequências desastrosas para o seu futuro porque amplia o processo interno de autossabotagem, causando angústia existencial, melancolia e, mais à frente; traumas, fobias e depressão.
Fuja dos laços perniciosos que geram a procrastinação enquanto é tempo. Opte por viver em função daquilo que faz a sua alma vibrar. Como? Siga seus sonhos com afinco e dedicação, deixando de lado a futilidade, a preguiça e o comodismo.
Coragem é um estado de ânimo que se constrói a cada dia, mediante uma firme atitude no sentido de seguir sempre em frente, produzindo e fazendo a diferença.
Parafraseando o antigo hermetismo, eu diria que todo aquele que tenta aproveitar a vida de forma intensa, acaba por perdê-la. Quem opta por trocar a alegria ilusória embasada no prazer momentâneo por um bem-estar maior, no futuro, ganha vida em abundância.
Pense em tudo isso, Aprendiz!

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.

ESCREVA SEUS PRÓPRIOS DECRETOS DE PODER E NÓS OS TRANSFORMAREMOS EM ÁUDIOS PODEROSOS DE TRANSFORMAÇÃO PESSOAL. CLIQUE NA IMAGEM A SEGUIR E SAIBA TUDO.

 

 

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

5 Replies to “Elimine a Procrastinação

  1. Olá Dilma!
    Na aba lateral, os treinamentos em áudio têm grande parte gratuita para teste.

    Muita luz, saúde, sucesso, abundância e paz pra você.

    Francisco

  2. Texto muito bom, escrito de forma simples e objetiva. Contundente.

  3. Olá, meu nome é Rodrigo Caldeira e fico perplexo como a vida responde-nos quando ela nos vê em estado de profunda descompensação. Do nada, depois de 08 anos de procrastinação – senão muito mais do que isso – eu caí no limbo de minhas angústias. À minha mente subiram (ou voltaram) a culpa pela separação de um casamento que tinha tudo para ser perfeito, a culpa pelo fechamento de uma empresa que sucumbiu às minhas lamúrias sem fim, me autossabotando e preferindo pegar atalhos, que, neste período inteiro, me levaram para lugares mais distantes do bem estar, do amor próprio, da realização pessoal e profissional. Sinto vergonha de mim, estou realmente descompensado. Em profundo desânimo ontem, numa tristeza que não cabia mais em meu peito, com dedos meus me apontando as minhas faltas na minha cabeça pensei em desistir. E pedi a Deus uma chance, um caminho, um alívio. Não sei se Ele me ouve, faz tempo que não conversamos mais. No entanto, revendo meu whatsapp e deletando arquivos de fotos de amigas, vídeos de comédia ou críticas políticas encontrei um vídeo chamado “O Menestrel”, de Willian Shakespeare e fiquei ouvindo-o por diversas vezes. Em plena terça-feira de carnaval vim para o escritório – um lugar de procrastinações severas, e comecei a rever e deletar centenas de sites gravados em Favoritos. E reabri “A Casa do Aprendiz”, que sinceramente não sei em que situação eu já havia aberto este site outrora, mas o salvei em “Favoritos”. E dei de cara com este tema sobre “Procrastinação”. Hoje eu sou o significado da procrastinação, e tudo o que foi dito como resultado de escolhas mal feitas é verdade. Não tenho amigos, não tenho um relacionamento amoroso, não tenho profissão, não tenho absolutamente nada, apenas colecionei pessoas para me explorar, tirar o pouco que eu consegui manter. E A Casa do Aprendiz, neste desafio para me livrar da procrastinação caiu como uma luva para mim e se eu não agarrar essa oportunidade agora, se eu não acreditar pelo menos no autor desse texto, eu não sei mais no que acreditar nem o que fazer por mim. E vou clicar no link do áudio, pois quando não se tem mais nada a perder, qualquer coisa que me inspire alívio é sim um grande tesouro. Obrigado ao autor deste site.

  4. Com certeza fracisco , como vc disse nos outro texto e a famosa autossabotagen, sabotamos continuamente nossos ideais e sonhos , por um falso comodismo instalado no subiconsciente de forma idelevel , a melhor forma de se livrar disso e aceitando a mudança como aliada e o novo como seu melhor amigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.