Chega de Preocupações

Clique no player para ouvir este conteúdo

Muitas vezes somos assolados por preocupações com relação aos problemas atuais e futuros. Em ambos os casos, isso sempre acarreta uma inquietação latente. O problema é que geralmente sofremos mais por antecipação do que quando acontece algo de negativo.

As preocupações leves e ponderadas podem ser até benéficas, já que incitam-nos a elaborar estratégias seguras para agir diante das situações adversas. O problema é quando isso alcança um grau mórbido que bloqueia nossa energia, gerando uma ansiedade que mina a nossa paz interior.

As preocupações consistem em um mecanismo inconsciente de defesa que visa a nossa proteção. No entanto, isso quase sempre tira a nossa paz interior porque gera suposições e questionamentos internos, na maioria das vezes exagerados. Assim, o que era para ser algo bom, tira o nosso sossego com previsões infundadas acerca do que pode ou não acontecer.

As preocupações em exagero antecipam um sofrimento que, na maioria das vezes, não acontecerá em vias de fato. E, mesmo se acontecer, fará com que a gente sofra dobrado, uma vez na mente e nas emoções e outra na realidade. Por isso, não faz sentido focar a nossa energia em uma mera probabilidade.

A mente inquieta assolada por preocupações e temores, traz uma série de conseqüências negativas. No campo prático da vida, mina a criatividade e o entusiasmo. No nível fisiológico, bloqueia a energia vital causando uma série de doenças. No nível espiritual, anula a intuição e a ação positiva da força interior.

Sofrer por antecipação é uma perda de tempo, Aprendiz. Isso não ajudará em nada a resolver os problemas quando surgirem. Se surgirem! Além do mais, esse sofrimento antecipado gera um alto nível de estresse que consome uma grande quantidade da nossa energia, minando as forças que poderiam ser utilizadas para usufruir o momento presente com intensidade.

Estamos imersos em uma experiência de vida baseada no imprevisível. Não temos como saber se algo vai realmente acontecer. Essa incerteza faz parte da vida e precisa ser aceita como condição existencial. Enquanto não formos capazes de aceitar a mudança, o novo e o imprevisto como companheiros de jornada, sofreremos por antecipação.

É necessário se livrar do pesado fardo inútil das preocupações o quanto antes, sob pena de passar a vida sofrendo inutilmente. Ora, tanto o passado quanto o futuro subsistem apenas no nível da nossa imaginação. A única realidade existencial consistente é a experiência do momento.

Viver no aqui e no agora, relegando o passado ao esquecimento e deixando o futuro a cargo da Providência Divina. Isso sim é importante.

É preciso abrir mão de querer estar sempre no controle da situação. Afinal de contas, não dá para controlar tudo agindo apenas no nível da racionalidade. Precisamos aprender a confiar no processo da vida e mergulhar de cabeça no desconhecido que se descortina à nossa frente a cada momento. A vida é uma experiência maravilhosa quando não se tem medo dela, já dizia Charles Chaplin.

É importante sim, ser precavido. Mas isso deve ser feito de maneira sensata, livre das tensões provocadas pelas preocupações exageradas. Tudo é uma questão de equilíbrio. É preciso adquirir um autocontrole eficaz que dimensione os fatos ao seu tamanho real.

Relaxe, Aprendiz! Não fique preso na armadilha das preocupações e temores por conta de algo que você não sabe se vai ou não acontecer. É preciso aprender a viver melhor o presente, extraindo lições valiosas de cada experiência, até mesmo daquelas mais difíceis. Mesmo aquelas situações mais complicadas, podem se tornar favoráveis quando encaradas de frente, sem temor, procrastinação ou desânimo.

A vida é imprevisível e nada acontecerá exatamente como você imagina que seja. Então, pense comigo: por que perder seu tempo e dissipar a sua energia com uma coisa que não te levará a lugar algum?

Largue mão das preocupações e dedique seu tempo e sua energia em algo que seja positivo e produtivo. Concentre-se em sentir-se bem e aja no sentido da realização dos seus sonhos e projetos. Isso sim vale a pena.

Entusiasmo, coragem e fé são ferramentas de poder que destituem rapidamente o fantasma das preocupações. Inicialmente, essa nova maneira de agir exigirá muita determinação e foco. No entanto, com o tempo, a sua persistência transformará isso em novos hábitos, libertando-o de todos os seus medos infundados. Experimente agir assim e você será capaz de dissipar, um a um, todos os temores com relação ao que a vida lhe reserva.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.
CLIQUE NA IMAGEM A SEGUIR, CADASTRE-SE E COMECE A CRIAR SEUS DECRETOS DE PODER GRATUITAMENTE.

 

 

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.