Boa Conduta Emocional

Clique no player para ouvir este conteúdo

Independente do que fez ou deixou de fazer no passado, você pode criar um novo e belo paradigma para sua vida a partir de onde está, através de uma readequação na sua conduta mental e emocional.

Você pode utilizar esse momento para mudar o foco de suas convicções e ações e assim transmutar a sua essência em algo produtor de energia boa.

A vida plena e feliz que você quer e merece deve ser precedida por uma mudança de conduta interna, posta em prática de maneira decisiva e metódica. Para isso, é preciso alterar a sua essência de forma a tornar-se alinhado com a Essência Universal Criadora, o que só pode ser feito através da sincronização entre a sua frequência e a frequência cósmica. Ora, o ritmo do Universo é baseado no crescimento, na expansão, na harmonia e no equilíbrio. Portanto, basta criar e manter esse estado em sua mente e consciência para passar a nadar a favor da correnteza da vida.

Eu bem sei o quanto é difícil manter uma conduta positiva diante dos percalços que a vida apresenta. No entanto, se você deseja uma experiência mais gratificante, precisa assumir uma postura digna diante das Leis Universais. Obviamente, isso não significa buscar santidade, castidade ou obediência servil. Nada disso! Ser bom não significa ser bobo, ser justo não requer que sejamos santos e buscar a espiritualidade não requer que abdiquemos dos prazeres do mundo.

A religiosidade humana criou um “deus” cruel e vingativo que exige demais de nós. Compreenda que tal deus é algo fictício, idealizado para propósitos profanos, visando o controle e a opressão do homem pelo homem. Deus é mais! Muito mais!

A verdadeira espiritualidade está inteiramente vinculada à vida cotidiana, com seus prazeres e alegrias. Qualquer ciência, filosofia ou religião que negue o bem-estar como a verdadeira razão da existência deve ser vista com reserva. Esqueça o que te disserem a respeito de Deus quando isso amedronta, reprime ou intimida. Aceite o Criador e a sua criação como algo bom e positivo.

Sinta-se bem, agora e sempre. A única ressalva a ser observada na prática do bem-estar é a regra de ouro. Isso se faz colocando-se sempre no lugar dos outros, analisando sinceramente se o que você deseja ou faz para seu próximo é o mesmo que quer que as outras pessoas façam contigo. É simples e fácil assim!

O Universo em sua infinita sabedoria não julga, não pune e não castiga, apenas retribui de acordo com leis imparciais e imutáveis. Ora, seria o cúmulo do absurdo alimentar o mal e esperar que coisas boas aconteçam em sua vida. Então, se você estiver experimentando algo que seja desagradável, urge a necessidade de fazer um exame de consciência rapidamente a fim de detectar o que há de errado em sua essência.

A boa postura emocional, mais que bondade e conduta moral, significa pensamento, sentimento e ação corretos, em conformidade com os princípios universais.

A Inteligência Universal é Onipresente, Onisciente e Onipotente e retribui de forma justa e perfeita, não somente o que você faz, mas também o que pensa e sente a respeito de si mesmo e das outras pessoas. Portanto, cuide para que seus desejos estejam sempre alinhados com suas verdadeiras emoções. E que ambos sejam de natureza elevada, embasados no que verdadeiramente seja bom, belo e justo.

Há uma premissa básica regulando nossa vida, embasada na Lei Universal de Causa e Efeito mediante a qual tudo o que experimentamos origina-se da somatória dos os impactos energéticos que causamos por conta de nossa conduta.

Cada ação nossa, em qualquer nível da existência, produz por si mesma uma reação correspondente. Portanto, se a causa inicial for má, o efeito final será de natureza ruim. Isso pode até parecer um castigo, mas na verdade é apenas a Justiça Cósmica em ação. Não se trata de um sistema punitivo e sim compensatório, mediante o qual todo ato se paga a si mesmo.

Se você pretende utilizar o princípio de causa e efeito a seu favor, basta regular o mundo das origens mediante uma conduta que priorize sempre o bom, o belo e o justo. Cabe frisar que isso não tem nada a ver com religião, pelo menos no sentido comum do termo.

Você pode até nem acreditar na existência de um Deus e mesmo assim ser um ente produtor de energia boa, portanto em alinhamento com o Divino. Também não precisa implorar misericórdia ou pedir proteção, apenas viver em conformidade com as Leis Universais.

Não existe e nunca haverá no céu um observador tirano e cruel que julga e pune, de maneira parcial e pessoal. O que existe é uma Inteligência Infinita que governa tudo mediante um sistema harmônico de leis imutáveis, apoiadas no princípio de causa e efeito. Carma, destino, sofrimento e condenação subsistem apenas enquanto continuarmos alimentando o mal.

O mundo ideal onde reina a saúde, a alegria, a felicidade e a harmonia, apesar de parecer utópico, deveria ser considerado como o mundo real. Isso porque, na verdade, o mal em todas as suas variantes, origina-se sempre de uma ruptura ou desvio parcial da nossa verdadeira natureza original.

O Dia do Juízo, a Roda da Lei e o Carma, citados em escrituras antigas, apesar de parecerem algo terrível, representam apenas a perfeita balança cósmica em ação. E isso não está vinculado a uma era vindoura ou a um período cíclico específico. Ocorre aqui e agora, a cada instante de nossa vida, de maneira natural, contínua e precisa.

Agora é o tempo da oportunidade; o dia da salvação é hoje, já dizia um grande mestre há mais de dois mil anos atrás.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.
CLIQUE NA IMAGEM A SEGUIR, CADASTRE-SE E COMECE A CRIAR SEUS DECRETOS DE PODER GRATUITAMENTE.

 

 

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.