A Vida Pode Ser Bela

Clique no player para ouvir este conteúdo

A vida é boa. Mas, pode ser bela.

Quando o Natal e o final de ano se aproximam, a maioria das pessoas começa a criar expectativas de uma vida melhor para quando o calendário virar mais um dígito. Nessa época são feitos muitos planos e metas grandiosas são estabelecidas. Mas depois das festas, quando janeiro chega trazendo as contas de início de ano e a rotina, tudo volta ao normal.
Normal?

Você acha que é normal viver de lamentações, sem sonhos, desprovido de alegria e de esperança?

Claro que não! Não deveria ser assim.

A magia do Natal e a esperança vislumbrada no Réveillon é algo que deveria permanecer o ano inteiro como norma de conduta. Isso porque é na alegria, na fé e na comunhão com os outros, que a vida tende a se desenrolar de forma favorável.

A grande virada na nossa vida é algo que não pode ser estabelecido como sendo apenas um evento no calendário. É preciso fazer de cada dia uma festa e de cada momento uma celebração. Alegria pelo que se é e gratidão pelo que se tem deve ser o norte a nos guiar para frente, para cima e para Deus. Sempre!

Festejar e celebrar: eis o segredo que coloca mais vida em sua vida. Mas tenha em mente que isso não tem nada a ver com as festividades meramente casuais, como as que se estabelecem no Natal e no Réveillon. Viver em festa significa manter, de forma persistente e permanente, a alegria de viver, o contentamento e o entusiasmo. Celebrar a vida, mais do que um ato ritualístico, é algo que requer uma postura de respeito por si mesmo, pelo outro e pela vida, enfim, pelo Criador e por sua Criação.

Não espere por um dia específico no calendário para determinar uma grande virada em sua vida. Aja agora no sentido de criar uma perspectiva positiva permanente. Isso se faz, inicialmente, mediante uma alteração em sua postura diante da vida. Como? Escolha bons pensamentos, priorize sentimentos elevados e decida-se por agir sempre no sentido de criar algo que seja bom e positivo, tanto para si mesmo quanto para os outros.

A alegria, a fé, a esperança, o amor e a boa vontade que a gente manifesta nas festas de fim de ano é algo que precisa se transformar em hábitos diários.
Se você se tornar capaz de criar um Natal a cada dia e um Réveillon a cada noite, a sua vida será transformada em uma fonte de bênçãos, tanto para si mesmo quanto para aqueles que você ama e para a humanidade, em geral.

A cada pessoa que você encontrar diga, mesmo que mentalmente: “Feliz dia novo, meu caro”. Essa atitude aparentemente simples, se sincera, converte-se em uma bênção cujo resultado vai muito além daquilo que se possa imaginar. Mas é essencial que haja verdade de sua parte. O Universal não ouve palavras frívolas e não acata pensamentos triviais. Ele sonda rins e corações e responde somente aos anseios do coração.

A vida exterior com suas experiências sensoriais é um reflexo fiel daquilo que cada um traz latente na alma. Os bons de coração obtém uma farta fatia do bem-estar que flui. Os maus, os invejosos, os egoístas, os falsos e os mentirosos, experimentam o próprio fel que, secretamente, produzem.

Independente do dia e da hora, indiferente ao relógio e ao calendário, aja sempre na perspectiva de fazer de cada momento uma festa e uma celebração, ao mesmo tempo. Alegre-se por estar vivo e busque contentamento naquilo que você faz agora. Do mais, escolha por pensar, sentir e agir sob um ponto de vista nobre, embasado no bem, no certo e no justo. Essa forma de viver tornada hábito será capaz de converter um inferno em céu.

Por pior que as coisas estejam agora em sua vida, saiba que é possível a mudança. Mas tenha sempre em mente que a transformação positiva, construtiva e criativa é você quem faz mediante as escolhas e prioridades que estabelece a cada momento.

Ao passar a optar sempre pelo bem, desde os pensamentos, passando pelas emoções, até chegar às atitudes, você mudará completamente o fluxo da sua energia. E, consequentemente, tudo passará a conspirar a seu favor.

Eis o mistério da vida, ocultado aos olhos de quem não quer ver, mas, ao mesmo tempo, revelado a todos aqueles que aprenderam a enxergar com os olhos da alma: “Manifeste interiormente aquilo que você quer ser e você será”.

Como você pode ver, é preciso vivenciar intimamente aquilo que a gente almeja. Em outras palavras: é necessário ser para ter. Ser feliz gera felicidade. Ser amável atrai bons relacionamentos. Ser grato atrai mais daquilo que se tem e até do que não tem. Ser bom atrai para si a proteção, a paz e a grandeza do Divino.

Ajude-nos a continuar disseminando gratuitamente ideias que edificam e inspiram. Faça a sua doação para o Projeto Academia do Aprendiz através do botão abaixo.
Conheça os métodos de desenvolvimento pessoal do Aprendiz clicando nas imagem a seguir.

 

 

 

LIVROS DO CRIADOR DA ACADEMIA DO APRENDIZ
Clique nas imagens para ler um trecho gratuitamente

Author: Francisco Ferreira, O Aprendiz

Francisco Ferreira, o Aprendiz, é terapeuta formado pelo Instituto Nefesh, Pós Graduado em Filosofia e Sociologia, com formação em PNL, Coaching, TFT, Cinesiologia Aplicada, EFT, Barômetro Emocional, dentre outros. Tem doze livros publicados, escreveu mais de quinhentos artigos de autoaperfeiçoamento e criou quinze métodos de desenvolvimento pessoal.

One Reply to “A Vida Pode Ser Bela”

  1. Acho que é não procastinar faça de nosso dia um dia feliz, faça de nossas ações de cada dia uma melhor que a outra viva com alegria cada dia nunca prometa uma coisa que não pode cumprir fazer o bem sem desmerecer ninguém redescubra o amanhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.