Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

Siga o Aprendiz no Facebook

Tag: liderança

Estamos com problemas na empresa. Como resolver?

Uma boa alternativa é utilizar o Brainstorming ou tempestade de ideias, onde UMA pessoa poderá usar para solucionar um problema pessoal ou do GRUPO, para tentar achar uma saída para um conflito de equipe, a criação de um novo produto ou a otimização de um processo.

1. INDIVIDUAL: Num lugar calmo e tranquilo, procure responder a essas perguntas: “Como eu posso resolver… Ou… O que eu preciso fazer para…? Concentre-se no problema e, tão rápido quanto possível, pense em tantos modos de resolvê-lo o quanto puder.

O método mais comum é fazer uma lista escrita das ideias que você tem. Se você se sentir mais confortável dizendo suas ideias em voz alta à medida que elas vêm a sua mente, grave em seu celular e depois anote em um papel as ideias, enquanto as Continue lendo...

Trabalhe para aprender, não pelo dinheiro

Estude:
– Contabilidade;
– Vendas;
– Marketing;
– Comércio;
– Gente;
– estilos de negócios;
– Culturas;
– Comandar pessoas.

A parte mais difícil da condução de uma empresa é a gestão de pessoas. De liderar pessoas em situações difíceis.
Nos negócios, se você não for um bom líder, recebe um tiro pelas costas.
Se for tímido e a idéia de vender lhe parece a coisa mais apavorante do mundo, entre para uma empresa que tenha um dos melhores programas de treinamento de vendas de sua cidade ou país. Até que tenha superado o medo de bater às por as e ser rejeitado.
Há um velho dito segundo o qual “emprego é a sigla de quase quebrado”. Isso se aplica a muitas pessoas, pois a maioria das pessoas Continue lendo...

Estratégia: estabeleça um relacionamento aberto e de confiança com seus consumidores

O problema é que as empresas estão vivendo ainda na primeira era da internet e os clientes já estão partindo para Web 3.0. No início, a Web era marcada por sites estáticos, sem interação com os usuários. A primeira grande mudança na forma em que usamos a internet veio com a larga aplicação de sites de comércio eletrônico. Assim, a rede passou a nos oferecer produtos e serviços. Depois veio Web 2.0 com o conceito de troca de informações e colaboração dos internautas com sites e serviços virtuais.
As empresas precisam entender que os tempos mudaram e a internet participativa permite que os consumidores se unam por uma atividade em comum, a compra de bens e serviços e para isso, se reúnam numa ampla comunidade.
Para se ter uma ideia, Continue lendo...

Respondendo primeiro à emoção…

 

Um cliente zangado, tenso ou frustrado dificilmente reagirá de forma construtiva ou sequer será capaz de ouvir um argumento racional.

Quando você desperta uma emoção negativa num cliente, é melhor responder primeiro ao seu emocional para depois dar a sequência na venda: “Parece que você ficou um tanto insatisfeito? Eu também me sentiria assim, se entendesse a situação da maneira como você entendeu”. Ser empático, porém, não significa necessariamente aceitar a responsabilidade pelos sentimentos da outra pessoa ou mesmo permitir que esses sentimentos sirvam como base para uma ação específica.

Lembre-se: seja empático e assertivo. Uma vez que os Continue lendo...

Estratégias para o sucesso

Planejamento
Planejamento significa construir uma ponte mental de onde você está agora até onde quer estar quando tiver alcançado o objetivo. A função do planejamento vai ao encontro das necessidades do grupo de cumprir as tarefas, mediante a resposta à pergunta como. Porém,a pergunta “como” logo remete a: “quando isso ou aquilo deverá acontecer?” e “quem faz o quê?”

Da perspectiva da liderança, a questão central é: até que ponto você deverá elaborar o plano sozinho, ou dividir a função de planejamento com sua equipe? Mais uma vez, temos aqui uma distinção entre liderança e administração, ao menos na forma antiga. F. W. Taylor, o fundador da “administração científica”, popularizou a idéia de que as coisas iriam melhor Continue lendo...

O Fator Chave Para Obter Sucesso

fator

Sempre que quero criar um novo artigo para o site, procuro um fator chave que provoque o start inicial da criatividade. Geralmente encontro estímulo através da leitura de trechos de alguns dos muitos livros que possuo. Hoje, acabei sendo estimulado de maneira inusitada, lendo uma revista especializada em empreendedorismo.

O que me chamou a atenção foi a matéria relacionada a um inventor australiano contemporâneo que possui um talento especial: consegue identificar coisas que o mundo precisa e, com agilidade e destreza as cria sob a forma de protótipos que rapidamente disponibiliza ao mercado. Até o Google já se curvou ante a inteligência criadora do inventor, investindo nada menos que US$ 15 milhões nos seus projetos.

O fator diferencial que dá Continue lendo...

II Parte: Dicas básicas para enfrentar negociações difíceis…

Título: II Parte: Dicas básicas para enfrentar negociações difíceis…

Todos nós já tivemos de enfrentar negociações difíceis. Algumas ficaram empacadas ou não deram em nada, consumindo nosso tempo, tirando nosso sono. Situações como essas precisam de mais que simples técnicas de negociações.

Por trás dos ataques de seu cliente pode haver raiva e muita hostilidade. Por trás da posição inflexível pode haver medo e desconfiança.  Convencido de que ele está certo e você está errado, ele se recusa a ouvir seus argumentos.

Para vencer o não, você precisa superar todas as barreiras: emoções negativas, hábitos de negociação, o poder que ele demonstra possuir e a sua reação. Estes são alguns desafios com que você se defronta.

Quando ele insiste em manter sua posição, você quer rejeitá-la e afirmar a sua própria. Quando ele faz pressão, você tende a reagir com uma contrapressão direta. Contudo, ao tentar quebrar a resistência de seu cliente, você geralmente só consegue reforçá-la.

Os seres humanos são máquinas de reação. A coisa mais natural a fazer quando nos confrontamos com uma situação difícil é reagir: agir sem pensar.

III Parte: Negociação – Escute o cliente…

Nas negociações aprendemos escutando e observando. Raramente aprendemos quando estamos falando. Especialistas em vendas dizem que a maior parte dos vendedores fala 80% do tempo e escuta somente 20% do tempo. É difícil escutar enquanto se está falando, por isso os vendedores mais eficientes escutam 80% e falam somente 20%.

Mesmo quando o outro lado está falando, você tende a se concentrar na próxima coisa que vai falar. Assim, escutar de verdade exige um esforço adicional. Veja essas dicas:

Escuta ativa: a escuta ativa, na qual você devolve para o outro lado o que ele(a) acabou de dizer, ajuda você diminuir o processamento e a concentrar a sua atenção no que o cliente está dizendo.

A repetição do que você ouviu usando outras palavras, seguida de uma pausa, muitas vezes oferece Continue lendo...

Líderes não são perfeitos, mas íntegros…

Buscar a excelência, sem querer ser perfeccionista, é o melhor caminho para uma liderança capaz de inspirar pessoas. Hoje em dia a pergunta não é mais “quem lidera”, mas quem inspira as pessoas. A melhor forma de inspirar pessoas é através do exemplo, das atitudes. No filme Invictus, que retrata a história vivida  antes e durante a Copa do Mundo de Rúgbi de 1995, após o desmantelamento do apartheid na África do Sul, o então presidente Nélson Mandela pergunta ao capitão do time dos SpringBoks com ele inspirava seu time. Ele disse que era por meio do exemplo.

Muitos líderes pensam que a perfeição em seus projetos atrai liderados ao comprometimento, quando na verdade é o contrário. O que atrai pessoas é o caráter do líder, sua integridade e seu desejo genuíno de fazer Continue lendo...

Amazon: uma empresa sensacional, inclusive nas vezes em que erra…

Se você já comprou algum produto da Amazon, e esse produto veio errado, você já deve ter recebido essa mensagem: “Desculpe pelo transtorno que causamos a você. O livro que você pediu já está a caminho da sua casa. Você deve receber em 24 horas. Sobre o livro que você recebeu por engano, você não precisa ter o trabalho de devolvê-lo para nós. Uma vez que o tema do livro não é do seu interesse, nós recomendamos que você doe o livro para uma biblioteca pública da sua cidade para que o livro chegue às mãos de quem precisa”.

Confira algumas das recentes inovações lançadas pela Amazon:

• Assinatura de frete: Você paga 79 dólares por ano. Comprando uma vez ou dezenas de vezes você não precisa pagar mais nada pelo frete das suas compras. Por isso, milhões Continue lendo...

PESQUISA: Confiança no ambiente de trabalho…

A confiança é fator fundamental para o desempenho do grupo e para criar um ambiente colaborativo capaz de proporcionar resultados surpreendentes. Em pesquisa realizada com profissionais de diversas empresas, ficou constatado a sua importância. Vejamos…

Em quem você mais confia na sua empresa:

• 39% Equipe

• 22% chefe

• 21% Pares

• 18% Outros

O que ajuda a aumentar a confiança?

• 86% Transparência

• 06% Competência

• 06% Autonomia

• 02% Cumprimento de prazos

A desconfiança interfere na sua produtividade?

• 95% Sim

• 05% Não

Qual o principal obstáculo para confiar em alguém?

• 53% Mentiras

• 24% Relacionamento

• 17% Ambição

• 06% Incompetência

Prof. Menegatti é palestrante nas áreas de Vendas, Motivação, Liderança e Inovação. Suas palestras têm como foco direcionar Continue lendo...

Iª Parte: Qual a diferença do homem e da mulher comprando?

São geneticamente programados para serem caçadores. Sucesso para eles é sair pela floresta, caçarem alguma coisa com rapidez e depois arrastarem de volta para casa.

Você verá um homem impacientemente apanhar algo e, quase abruptamente, estar pronto para pagar sem ter tido nenhum prazer aparente no processo de busca. É quase como se o simples fato de ele estar ali, na loja, fosse uma ameaça a sua masculinidade.

Mas, quando um homem está fazendo compras, você praticamente tem de sair do caminho dele para não ser atropelado. Quando um homem leva uma peça de roupa para dentro de um provador, só não a comprará se não lhe couber.

Em muitos ambientes é difícil fazê-los olhar algo que não tenham a intenção de comprar. Eles normalmente não gostam de perguntar onde as coisas estão. Se um homem não conseguiu encontrar a seção que procura, mudará de direção uma ou duas vezes e depois desistirá, deixando a loja sem sequer pedir ajuda. Por que fazem isso? É porque eles fazem compras da maneira como dirigem, ou seja, não gostam de pedir informações.

Academia do Aprendiz © 2014-2017