Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

O Preço da Vingança

vingança

vingança

Quando lemos em compêndios espirituais, recomendações acerca da necessidade de amar e perdoar, geralmente deduzimos que isso diz respeito somente ao aspecto religioso, distinto da nossa realidade objetiva, ligado apenas ao aspecto espiritual. No entanto, tais práticas são tão fundamentais para nossa saúde, bem-estar e harmonia quanto a água e o alimento diário.

O sentimento de vingança é o ingrediente básico que a maioria dos homens insensatos utiliza para elaborar um plano sutil de revanche contra algo que sofreu. O ódio, a mágoa e o rancor, bases do espírito vingativo, são estados emocionais poderosíssimos que instilam um veneno mortal na corrente sanguínea do vingador.

O espírito de vingança produz um veneno mortal que contamina primeiramente o seu próprio criador. Assim, muito antes de o sujeito vingador levar a cabo seu plano maligno, já estará contaminado pela própria maldade, disseminada de forma sistêmica no fluxo da sua corrente de energia vital.

Estamos imersos em um mundo imperfeito onde o espírito de tolerância precisa prevalecer, Caso contrário, nos tornamos vítimas do mal que nos rodeia. Em um Universo onde tudo se baseia no princípio de Ação e Reação, é impossível receber uma bem-aventurança estando contaminado pelo espírito da vingança.

Ao cultivar o espírito de vingança nos igualamos ao vingador perante a consciência cósmica e ajudamos a perpetuar o mal, em nós e no mundo.

Na verdade, as pessoas de espírito negativo anseiam por serem notadas. Querem atenção. Procuram causar. Quando não encontram respaldo, percebem sua insignificância e sua estupidez. Dessa forma, não há vingança maior de nossa parte para com os maldosos, do que o desdém e o esquecimento.

Tudo bem! É muito difícil esquecer, perdoar e superar. Mas não há outro caminho para o bem-estar.

Quando você se tornar capaz de ignorar uma pessoa maldosa, sem perceber, estará ateando fogo à sua volta. Isso ocorre porque ao encontrar um terreno inóspito para se perpetuar, o espírito maligno da vingança retorna de forma rápida e avassaladora ao seu agente emissor, causando uma ressonância altamente destrutiva, condizente com a natureza terrível desse sentimento horrível. Portanto, o melhor modo de se vingar de alguém é não se igualar e essa pessoa.

É óbvio que ninguém gosta de ver os injustos, maldosos e opressores impunes. Mas é preciso tomar ciência de que, dar a cada um conforme sua medida, não é tarefa minha, nem sua. Compensa muito mais acreditar na inexorabilidade da Justiça Universal e seguir aproveitando o melhor da vida, indiferente aos espíritos vis, baixos e desprezíveis.

Esqueça a ideia de fazer justiça com as próprias mãos, Aprendiz. Afinal de contas, essa é uma atitude completamente incoerente quando se sabe que existe uma Sabedoria Infinita governando tudo com rigor e muito amor.

Você não precisa estar com a alma inebriada pela religiosidade para aprender a aceitar a premissa de que cada ato se paga a si mesmo. Também não será necessário suplicar proteção aos céus. Basta viver focado no bem, no belo e no justo, de corpo, alma e coração.

Não resistais ao mal, já dizia o Mestre dos mestres, há mais de dois mil anos atrás. Aquilo a que você resiste, persiste, disse um sábio em outra ocasião. Ao contrário do que se pensa, resistir não significa confrontar ou bater de frente. Impor resistência, nesse sentido, é o mesmo que dar atenção, atribuir valor ou concentrar foco. Por outro lado, a não resistência consiste em deixar de colocar em evidência tudo aquilo que não queremos para a nossa vida.

Vingança gera sofrimento, doença e morte, Aprendiz. Nunca se esqueça disso. Siga na paz, combatendo o bom combate. Inunde a sua alma e coração com pensamentos, ideias e atitudes que produzam paz, amor, boa vontade, solidariedade e compaixão. Para ser feliz, você só precisa fazer isso.


Direcionando Sua Atenção Para Lado Bom de Todas as Coisas

 

Assista Mais Sete Vídeos Gratuitos de Autoaperfeiçoamento do Aprendiz Clicando Aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Academia do Aprendiz © 2014-2017