Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

Encontre seu diamante. E aproveite!

diamante

diamante

As maiores riquezas da vida não podem ser convertidas em papel-moeda, pedrarias e minerais. O maior tesouro é o amor e a amizade sincera é um diamante muito raro. Pense nisso, Aprendiz!

Todo escritor utiliza um método específico para obter o start inicial necessário na criação literária, seja ela qual for. De minha parte, para escrever um artigo, utilizo-me quase sempre, de um texto alheio, com conteúdo diretamente relacionado ao tema que quero falar. É muito engraçado isso porque nem preciso ler todo o conteúdo do mesmo para começar a escrever. Pego apenas a ideia do título e sigo lendo e já escrevendo.

Geralmente, a partir do conteúdo do primeiro parágrafo inicio um processo autônomo de criatividade. E dessa forma, antes de continuar a leitura do conteúdo, minha mente engaja-se em um contexto próprio e diferenciado, gerando um insight criativo que não precisa mais de nenhuma base externa.

Apesar de ter sempre a leitura como estopim do ato das minhas criações literárias, o presente artigo seguiu um processo diferente. Hoje, fui motivado a escrever por uma música antiga que achei na internet, de um dos meus ídolos, o saudoso Raul Seixas. Acho que essa canção nem tocou nas rádios na época áurea do cantor. Mas, nem por isso deixa de ser maravilhosa, especialmente a letra, que disponibilizarei no final deste artigo.

A música que inspirou isso aqui tem muito mais a ver com família do que com amigos. Mas, como eu já disse antes, o despertar da criatividade tem um caminho próprio que, às vezes, foge totalmente ao contexto inicial. No caso de ‘Diamante de Mendigo’, o insight criativo seguiu pela trilha que dá ênfase à amizade verdadeira.

Pois Bem!

Fazer milhares de ‘amigos’ é razoavelmente fácil. Eu mesmo tenho quase quatro mil, só no Facebook. Difícil é achar um que seja parceiro nas alegrias, companheiro nas tristezas, fiel em toda e qualquer adversidade e leal na hora da VERDADE.

A amizade verdadeira é uma joia muito rara; verdadeiro diamante lapidado ao longo de um tempo razoável de convivência. Tal lapidação se faz mediante os problemas, conflitos e adversidades que a vida nos impõe, conjuntamente, enquanto amigos em potencial.

As muitas amizades superficiais que fazemos durante a nossa jornada nesse plano vão se perdendo diante obstáculos que surgem ao longo do caminho. Os problemas, conflitos e desafios testificam a lealdade e a fidelidade de ambos os entes envolvidos nesse contexto amigável e somente aqueles que prosseguem ao nosso lado durante as horas mais difíceis, é que podem receber o título de AMIGO VERDADEIRO.

A amizade sincera é como uma fortuna escassa a que poucos têm acesso. O amigo verdadeiro é um diamante raríssimo, algo dificílimo de achar nesses dias de egoísmo e vaidade. Portanto, se você encontrar um, preserve e valorize porque você foi privilegiado com um dos mais nobres dentre os tesouros deste mundo.

Espero que você tenha encontrado ou que ainda encontre pelo menos um diamante do tipo “amigo” em sua caminhada neste plano da existência. Se achar mais que dois desses, você é uma pessoa de muita sorte.

Ah!

Conforme prometido, segue abaixo a letra da música que inspirou este artigo. Espero que você desfrute ao máximo de toda sabedoria contida nesta bela canção.

Diamante de Mendigo

Raul Seixas

Eu tive que perder minha família para perceber o benefício que ela me proporcionava

É triste aceitar esse engano quando já se esgotaram as possibilidades

E agora sofro as atitudes que tomei por acreditar em verdades ignorantes

Que na época tomei acreditando numa moda passageira que se foi tal qual fumaça.

Não respeitei o sacrifício que custa para construir

A fortaleza que se chama família

Acabamos no fim perdendo a quem nos ama só porque o jornaleiro da esquina

Falou que é otário

Aquele que confia

E é tão difícil confiar em alguém

Quando a gente aceita se mentir, se mentir.

Somente conhecendo a beleza da união é que a gente tem a força para não

Não se enganar

E eu que me achava um diamante nas mãos de mendigos só pelo medo de não sê-lo.

E eu que me achava um diamante nas mãos de mendigos só pelo medo de não sê-lo...


supereseuslimites2Método colaborativo da Academia do Aprendiz. Usufrua dos conteúdos e só contribua "livremente" pelos resultados obtidos.

Conteúdo inovador que vincula a técnicas de autoaperfeiçoamento com táticas de ensino e aprendizagem elencadas de forma didaticamente estruturada, o que proporciona a assimilação dos conteúdos em tempo recorde.

Depois de mais 12 anos à frente da Academia do Aprendiz e mais de 25 anos trabalhando com desenvolvimento pessoal, aprendi a confiar tanto nos resultados que faço algo inédito com esse e outros cursos de minha autoria. Não cobro, nem especifico valor para meu trabalho. Distribuo conteúdos poderosos gratuitamente e sou recompensado por aprendizes que se beneficiam grandemente com eles.

Enquanto por aí você paga caro, de forma antecipada, sem saber se terá um bom aproveitamento, aqui você participa gratuitamente e, caso seja beneficiado, faz uma colaboração livre, a seu critério, ao final de cada módulo, considerando apenas os ganhos advindos de sua aprendizagem.

Clique aqui e aproveite todo conteúdo gratuito!


Comente! Dê a sua opinião.

Academia do Aprendiz © 2014-2017