Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

A Cura Pela Mente

a cura

Uma mente em conflito induz o cérebro a produzir substâncias altamente nocivas que geram doenças enquanto que uma mentalidade harmonizada pode restaurar a saúde e produzir a cura.

Estudiosos afirmam que cerca de setenta por cento das doenças têm origem psicossomática, ou seja: o que pensamos e sentimos pode gerar afecções em órgãos e tecidos. Como eu sou mais radical nesse sentido, elevaria essa percentual para noventa. Mas, deixando de lado a minha concepção pessoal, vou analisar isso sob a ótica dos céticos doutores da ciência convencional.

Setenta por cento já é um número alto. O suficiente para acender o alerta vermelho. Esses números mostram o quanto precisamos repensar a nossa maneira de viver. Levam-nos a tomar ciência de que pensamentos e sentimentos negativos acumulados criam consequências que vão muito além do plano mental e psíquico.

O stress derivado de conflitos emocionais é apenas a primeira reação sintomática de uma série de consequências indesejáveis que afetam todo o nosso sistema orgânico, criando enfermidades consistentes.

Situações mal resolvidas, palavras não ditas, palavras mal ditas, rancores, ressentimentos, mágoas e tristezas são como gotas de veneno instiladas em nossas veias em momentos de forte tensão emocional.

Sempre que há um sentimento negativo potencial em ação na nossa mente, o nosso corpo é induzido a produzir uma série de hormônios e substâncias nocivas. Isso pode ser comprovado cientificamente. Basta medir os níveis hormonais e a pressão arterial de alguém que está vivenciando uma situação conflitante. Tudo alterado!

Uma coleta do sangue momento feita num momento de tensão e conflito vai mostrar que hormônios como adrenalina e noradrenalina são liberados em grandes quantidades na corrente sanguínea provocando efeitos devastadores para o sistema imunológico. Outro hormônio liberado nessas circunstâncias é o cortisol, que faz o organismo armazenar triglicérides, uma gordura que altera a resposta orgânica aos receptores de insulina, o que faz com que tal hormônio se encaixe como deveria. Tal condição pode levar ao diabetes, bem como alterar a função dos leucócitos que são as nossas células de defesa, deixando-nos à mercê de muitos vírus e bactérias oportunistas.

Há ainda uma série de efeitos clássicos vivenciados em situação continuada de tensão emocional, tais como: rigidez muscular, dor de cabeça, disfunções na tireoide, disfunção erétil, frigidez, queda da energia corporal, gastrites, dermatites e dezenas de outros problemas. Seria preciso escrever um livro inteiro só para descrever os males que podem ser desencadeados a partir de emoções somatizadas pela nossa mente.

Ops! Calma! Não criemos pânico.

Uma situação negativa isolada não pode – nem deve – ser considerada como ponto de partida para a geração de enfermidades. O que realmente provoca a ruptura do nosso equilíbrio orgânico é a frequência das tensões e conflitos que nos ocorrem. E, mais do que isso, a forma como reagimos mentalmente a tudo isso.

A boa notícia é que, concomitantemente à ação do médico e do tratamento convencional, a grande maioria das doenças pode ser tratada, no nível da mente e da emoção. Em outras palavras, podemos fazer a nossa parte no processo de restauração ou de manutenção da nossa saúde mediante uma mudança em nossa maneira de agir e, principalmente, de reagir aos fatos, eventos e experiências que vivenciamos ao longo da vida.

Se você estiver com a saúde debilitada, tá na hora de ponderar sobre o que de fato importa. E tomar a sábia decisão de priorizar o lado bom de todas as coisas. Caso esteja tudo bem, nem por isso pode baixar a guarda. Aja rumo a uma positividade sempre crescente. Faça uma faxina interior livrando-se rapidamente de tudo aquilo que possa trazer danos futuros.

Cuide-se, Aprendiz!


supereseuslimites2Método colaborativo da Academia do Aprendiz. Usufrua dos conteúdos e só contribua "livremente" pelos resultados obtidos.

Conteúdo inovador que vincula a técnicas de autoaperfeiçoamento com táticas de ensino e aprendizagem elencadas de forma didaticamente estruturada, o que proporciona a assimilação dos conteúdos em tempo recorde.

Depois de mais 12 anos à frente da Academia do Aprendiz e mais de 25 anos trabalhando com desenvolvimento pessoal, aprendi a confiar tanto nos resultados que faço algo inédito com esse e outros cursos de minha autoria. Não cobro, nem especifico valor para meu trabalho. Distribuo conteúdos poderosos gratuitamente e sou recompensado por aprendizes que se beneficiam grandemente com eles.

Enquanto por aí você paga caro, de forma antecipada, sem saber se terá um bom aproveitamento, aqui você participa gratuitamente e, caso seja beneficiado, faz uma colaboração livre, a seu critério, ao final de cada módulo, considerando apenas os ganhos advindos de sua aprendizagem.

Clique aqui e aproveite todo conteúdo gratuito!


Comente! Dê a sua opinião.

Academia do Aprendiz © 2014-2017