Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

Crenças Que Limitam

Agora você pode ouvir todos os artigos da Academia do Aprendiz através do player abaixo.

O homem é um ser de hábitos e tudo o que é ou deixa de ser, tem uma profunda relação com o paradigma estabelecido em sua consciência mediante a adoção – ativa ou passiva – de costumes e crenças. Apesar do condicionamento inicial incutido pelo meio familiar e social, na fase adulta qualquer um poderia readequar tais hábitos de acordo com a sua vontade. Digo “poderia” porque nem sempre isso é tão fácil, visto que tudo o que assimilamos mentalmente ao longo dos anos, cria raízes profundas.
Recentemente li pela terceira vez o livro A Lei do Triunfo, de Napoleon Hill, tendo por objetivo a coleta de informações valiosas para auxiliar na elaboração dos treinamentos online que veiculo na Casa do Aprendiz. E, mais uma vez pude comprovar que, por mais sábio que seja um homem, sempre estará – até certo ponto – condicionado ao meu social no qual está inserido. Nem Hill, com todo cabedal de conhecimento adquirido ao longo de uma vida de análise e pesquisa sobre a conduta humana, fora capaz de subjugar a influência do meio cultural e social em que viveu. Quer ler A Lei do Triunfo não deixará de perceber que a sabedoria de Hill não foi grande o suficiente para superar o preconceito moral e racial do início do século XX nos Estados Unidos.
Admiro o trabalho de Napoleon Hill e seus livros servem de norte para direcionar meu trabalho com as pessoas ainda hoje, um século depois de escritos. Recomendo-os a todos os buscadores e por isso citei o fato acima, não como uma crítica, mas para demonstrar que a influência sócio-cultural estabelece hábitos pronfundamente arraigados em nossa vida. Estou citando o livro de Hill para demonstrar a você que qualquer sabedoria humana, por mais evoluída que seja, não está livre do erro.
Este artigo tem a intenção de demonstrar que os preceitos abordados na Casa do Aprendiz, nem sempre podem ser assimilados com facilidade por conta da influência de hábitos e crenças limitadoras impostas pelo meio. É fácil dizer que você pode ser feliz, rico, saudável e poderoso. Mas sei que apesar de ser esta a sua condição natural e real, não é a condição atual. Sei que você quer, mas pensa que não pode e esse sentimento é muito poderoso. Sei que você sonha com coisas grandes, mas a vida real se apresenta com suas limitações e impedimentos quase instransponíveis.
Como Aprendiz que sou, sem pretensão alguma de ser um dia sequer ser chamado de Mestre, posso falar de igual para igual, admitindo que também tenho minhas fraquezas, minhas angústias e incertezas. Apenas criei o hábito de não permitir que isso se torne crônico e me domine. E, é isso que pretendo passar a cada leitor e para todos os participantes dos meus treinamentos.
A filosofia que preconizo através dos meus artigos e cursos pretende demonstrar que todos somos iguais. Que o sábio, o santo e o que se auto-intitula Mestre também são exatamente iguais a mim e a você. Todos têm suas fraquezas, suas dúvidas e suas angústias. Não há homem superior ou inferior. Pode ser que alguém esteja mais bem preparado para lidar com os desafios e as frustrações e isso faz com que pareça especial. Mas no fundo, todos estamos no mesmo estágio evolutivo, diante das mesmas incertezas e angústias existenciais.
A proposta do Aprendiz é simples: ser melhor a cada dia, subindo um degrau de cada vez, livrando-se das angústias e tensões desnecessárias. É acreditar na vida plena e feliz, não como uma utopia, mas como a meta real e verdadeira da vida humana. E, buscar isso a cada dia, a cada passo, gerenciando melhor os pensamentos, palavras, emoções e ações.
O que todo aprendiz precisa saber é que o viajante peregrino chamado homem sempre cria o caminho por onde percorre. E que embora na maioria das vezes isso transcorra de forma acidental, qualquer um pode conhecer e seguir determinadas regras que farão com que sua energia criadora refaça o percurso, conforme sua vontade. A caminhada é longa e a chegada ao topo muito… muito distante. Mas o Universo, em sua infinita sabedoria, mostra para o Aprendiz coerente que o melhor da viagem é aproveitar as belezas do caminho.
Aproveite a viagem Aprendiz!
Olhe à sua volta e aprecie com alegria e contentamento as surpresas vislumbradas a cada passo, nesta longa caminhada que é a vida. É impossível ver o fim da estrada porque isso é algo que está muito distante, bem além das fronteiras que limitam a vida e a morte. Mas é tolice ficar ansioso pelo grande prêmio final porque isso limita a sua visão atual, não deixando enxergar que cada fato é uma recompensa por seus atos.
Aja de maneira diferente a partir de agora. Assuma o leme do seu destino criando e mantendo uma perspectiva positiva em sua mente. Você logo ficará surpreso ao perceber que grande parte do pesado fardo que carrega é um peso morto que pode ser abandonado rapidamente à beira do caminho. Mas lembre-se: abandonar não quer dizer eliminar, mas deixar de dar importância. Aliás, nunca tente eliminar os hábitos nocivos e as crenças limitadoras adquiridas ao longo do caminho porque o universo é inclusivo e tudo aquilo a que você resiste, só persiste. Pense em termos de incluir algo maior e melhor em sua vida, a cada instante de cada novo dia. Assim, por meio de uma ação natural e seletiva, seu subconsciente fará com que aquilo em que você se foca cresça cada vez mais, aniquilando e deixando pra trás tudo o que relega a um segundo plano.
A sua energia e por assim dizer, a sua vida sempre segue para onde você direciona a sua atenção. Dessa forma, o que você retêm na consciência cresce e o que você deixa de lado perde força, deforma-se e desaparece… Paulatinamente.


Direcionando Sua Atenção Para Lado Bom de Todas as Coisas

 

Assista Mais Quinze Vídeos Gratuitos de Autoaperfeiçoamento do Aprendiz Clicando Aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Academia do Aprendiz © 2014-2017