Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

Categoria: Riqueza

O mundo dos contratos

“Tão grande é o defeito de confiar em todos,
como o de não confiar em ninguém.”
(Sêneca)

Recordo-me de um tempo, em minha tenra infância, em que me dirigia até um armazém na esquina de casa, a pedido de minha mãe, para buscar pão e leite. Não necessitava levar dinheiro ou um bilhete assinado. Bastava minha presença para trazer o que fosse preciso. O acerto de contas era assunto a ser tratado posteriormente. Coisa de adultos.

Quando chegava o verão, eu podia inclusive dar-me ao luxo de passar pelo mesmo armazém e apanhar um refrescante sorvete de palito. Claro que resguardados certos limites – levar o time de futebol para compartilhar desse privilégio era atitude passível de severa punição: a perda da confiança de meus pais.

O dono do armazém consentia com esse procedimento Continue lendo...

Melhorando as finanças através do autocontrole

Um dos nossos filhos, John, fez o que muitos jovens fazem quando arranjam o primeiro emprego de meio expediente: torrou todo o dinheiro que recebeu. John não pensava muito no futuro nem na melhor forma de gastar o salário. Era bom aluno, mas em matéria de finanças não sabia guardar um centavo.
Ele comprou uma picape e começou a incrementá-la com todos os apetrechos possíveis. Adquiriu um conjunto de caixas de som, que ocupou todo o espaço do banco de trás, e mudou o piso. Depois instalou um aparelho de som suficiente para atender uma cidade pequena. Ao fim do verão, ele estava sem dinheiro. Quando perguntei o que havia feito com o que ganhou, John respondeu:
— Não sei. Não fiz nada de muito especial. Que bom. Ao menos ele se deu conta Continue lendo...

Apesar de vocês

“Quem tem um porquê suporta qualquer como.”
(Viktor Frankl)

Emmanuelle Garrido tem formação em Direito e ocupa cargo de chefia. Apesar de ser deficiente visual desde os seis meses de idade.

Monique Romano é gerente comercial e conseguiu superar uma grave crise financeira em sua empresa. Apesar da queda expressiva nas vendas ocorrida em determinado período.

Giselle Dellatorre trabalha para melhorar a qualidade de vida de crianças com doenças reumáticas. Apesar da falta de incentivo governamental.

Rodney Santos celebra todos os anos sua maior conquista pessoal: a vitória pela vida, após superar um câncer. Apesar do pessimismo de muitos, anos atrás.

Todos os nomes mencionados são de leitores, hoje amigos, com os quais me correspondo. Não são celebridades, participantes de reality Continue lendo...

A Fonte Inesgotável da Riqueza

Ninguém permanece pobre porque outras pessoas monopolizaram a riqueza e puseram uma cerca nela. Você pode estar excluído dos negócios em certas áreas, mas existem outras portas abertas para você.
Em períodos diferentes a correnteza de oportunidades segue em sentidos diferentes, de acordo com as necessidades coletivas e de um determinado estagio de desenvolvimento alcançado pela sociedade. Existe uma abundância de oportunidades para a pessoa que seguir a correnteza, em vez de tentar nadar contra ela.
Sendo assim, os trabalhadores como indivíduos ou como uma classe, não são privados da oportunidade. Os trabalhadores não estão sendo “subjugados” por seus patrões; não estão sendo “esmagados” pelas grandes companhias. Como uma classe, Continue lendo...

Aceite a Prosperidade na Sua Vida

riqueza

Se você quer ter sucesso e prosperidade, precisa ACEITAR que a prosperidade é algo bom e positivo na sua vida. Você pode achar estranho eu estar dizendo isso, mas a grande verdade é que a maioria de nós foi treinada e condicionada para ser pobre. Isso está profundamente gravado no nosso subconsciente.
Desde pequenos somos “programados” para acreditar que a riqueza é errada. “O dinheiro é a raiz de todo o mal”, “Os ricos são gananciosos”, “Os ricos são criminosos”, “Os ricos são desonestos”, “Prefiro ser um pobre honrado”, “Os ricos não vão herdar o reino de Deus”, “Isso não é para o nosso bico”. Todas essas frases (e outras mais) que ouvimos Continue lendo...

Fundamentos da Prosperidade

Aprendi, arduamente, a lei fundamental para a prosperidade. Há muito tempo que estou me empenhando para ter o direito de falar com vocês sobre ela. Há quinze anos atrás, eu não tinha esperanças. Viúva e com um filho pequeno, eu não tinha especialização nenhuma e, portanto, nenhum meio de subsistência. Naquela época, a minha família não me podia ajudar muito financeiramente. Se pudesse me ter visto naquela época, você, sem dúvida teria dito: “Com ou sem o pensamento promissor, eis um caso sem esperanças.”
Foi durante aquela época miserável que vim a conhecer a força de nosso pensamento como um meio para o sucesso ou para o fracasso. Logo compreendi que meus fracassos anteriores eram principalmente devidos à maneira como eu interpretava Continue lendo...

Princípio Essencial da Prosperidade

O pensamento é a única força que pode produzir riquezas tangíveis, originárias da substância amorfa. A matéria de que todas as coisas são feitas é uma substância que pensa, e pensando nas formas esta substância as produz.
A substância original move-se de acordo com seus pensamentos; cada uma das formas que se processa na natureza é a expressão visível de um pensamento da substância original. Quando a matéria amorfa pensa em uma forma, ela se cria; quando pensa em uma ação, ela se faz. Foi deste modo que todas as coisas foram criadas.
Nós vivemos em um mundo de pensamento, que é parte de um universo de pensamento.
O pensamento de um universo mutante ampliado pela substância amorfa, a matéria pensante – que se move de acordo Continue lendo...

Finanças pessoais em equilíbrio

“A parte mais sensível do corpo humano é o bolso.”
(Delfim Netto)

Administrar finanças pessoais pouco difere de gerenciar o caixa de uma empresa ou mesmo de um país. Mudam apenas a proporção e a complexidade. Você precisa analisar dois conjuntos de contas: as receitas e as despesas.

Se você é assalariado, é fácil fechar as contas e saber o quanto comprometeu de sua poupança ou renda futura. Por outro lado, se você é empresário, consultor, profissional liberal, enfim, se exerce qualquer atividade com remuneração variável, talvez esteja diante de um problema, face à eventual sazonalidade de seus ganhos.

O lado das receitas é normalmente meio engessado. O assalariado pode buscar uma elevação de sua renda fazendo horas extras, desde que com a anuência da empresa. Uma Continue lendo...

Mergulhe no fluxo da abundância

O seu direito às riquezas é tão natural como a água que você bebe.
Para quem imagina você que foram criadas as riquezas do universo?
Entre numa floresta e ficará extasiado com a exuberância, extravagância e prodigalidade da natureza. Bilhões e bilhões de plantas, bilhões de flores de beleza indescritível, bilhões de frutos, que se multiplicam em nossas plantas. Olhe, com os olhos da mente, o subsolo e verá minas incalculáveis cuja riqueza pode dar vida farta a todos os seres deste planeta até o fim dos tempos. Olhe para os oceanos e experimente calcular as riquezas que aí se encontram. Experimente dar
um preço para cada estrela da nossa galáxia, e note que, até hoje, não se sabe que utilidade elas têm. Olhe para o sol e imagine Continue lendo...

Ações para uma mente milionária

Toda vez que você se vir culpando alguém, se justificando ou se queixando, passe o dedo indicador na frente da sua garganta no sentido horizontal para se lembrar de que esse comportamento pode vir a causar a sua degola financeira. Embora esse gesto pareça rude, ele não é pior do que o mal que você faz a si próprio ao responsabilizar as pessoas, se justificar e reclamar, e o ajudará a se livrar desses hábitos destrutivos.
– Faça um “controle”. Ao final de cada dia, liste por escrito um fato que tenha sido positivo e outro que tenha sido negativo. Depois, escreva a resposta para a seguinte pergunta: “Como eu criei cada uma dessas situações?” Se houver outras pessoas envolvidas, responda: “Qual foi o meu papel Continue lendo...

A infalibilidade da fé

A fé é uma lei. Sempre que se colocam corretamente as premissas de uma lei, o resultado nunca falha.

Assim como as leis da física, da química, da eletrônica, não falham, da mesma maneira a lei da fé também não falha. — Mas muitas vezes não acontece — insistirá você.
Sim, não acontece porque a pessoa não colocou com exatidão as premissas da lei da fé.
Nas leis físicas é fácil constatar se as premissas estão corretas. Basta verificar os produtos, o material, a aplicação e o resultado. Não dependem da vontade humana ou da crença. Até um aparelho pode aferir a justa aplicação da lei. As premissas funcionam autonomamente. No caso das leis físicas, o sujeito, o objeto e as premissas não têm autodeterminação, por isso atuam Continue lendo...

A lição de Warren Buffett

Todo ano, a Revista Forbes publica uma lista das 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos. De ano para ano, os nomes flutuam. Uns se movimentam para cima; outros, para baixo. Warren Buffet nunca desceu muito no topo da lista. Há décadas, seu nome aparece entre os cinco primeiros. Sua fortuna ultrapassa os us$ 65 bilhões. Ele começou sua carreira em 1956, quando abriu uma sociedade com um investimento de parcos us$ 100. Treze anos depois, seu capital líquido era de us$ 25 milhões. Em 2007, seu capital era estimado em us$ 52 bilhões.

Não é fácil descrever uma pessoa como Warren Buffett. Apesar de ser um dos homens mais ricos do mundo, ele é famoso por levar uma vida frugal e despretensiosa. Aos 79 anos, demonstra a mesma energia que tinha no início Continue lendo...

Academia do Aprendiz © 2014-2017