Academia do Aprendiz

Há Doze Anos Desenvolvendo Habilidades de Alta Performance

Áreas do Site

Siga o Aprendiz no Facebook

Categoria: Vida Melhor

II Parte: O que é mais importante, ser inteligente ou ser esforçado?

Um professor submeteu os mesmos alunos, de quinta série, a outro teste elaborado para ser extremamente difícil, o qual havia sido preparado originalmente para alunos do oitavo ano, mas que ele queria ver como as crianças reagiriam ao desafio.

Os alunos que haviam sido elogiados pelo esforço no teste inicial, esforçaram-se muito para decifrar os quebra-cabeças. As crianças que haviam sido elogiadas pela inteligência, por outro lado, logo ficavam desestimuladas. Seus erros inevitáveis eram vistos como sinais de fracasso: talvez não fossem tão inteligentes assim, afinal de contas.

Depois de fazer o teste difícil, os dois grupos de estudantes precisavam escolher entre ver os testes de crianças que haviam se saído pior do que elas ou os de quem se saíra melhor. Os estudantes elogiados Continue lendo...

A comparação não é um bom negócio…

Um dos maiores erros cometidos por nós, seres humanos, é a comparação. A medição de si mesmo de acordo com os padrões, os feitos ou as realizações das outras pessoas. Desde pequeno somos comparados aos nossos irmãos, aos filhos dos vizinhos ou a qualquer outra pessoa. Este espírito comparativo continua durante a adolescência e a idade adulta, tornando-se traumatizante porque passamos a maior parte de nossas vidas tentando competir com os outros, comparando nossas realizações com outras pessoas do nosso meio, e tentando viver de acordo com os seus padrões de aceitação.

Sempre que você compara os seus talentos e habilidades com os outros, quer favorável ou desfavoravelmente, desperdiça a oportunidade de se tornar melhor tentando tornar iguais pessoas que são totalmente Continue lendo...

Artigo – Você é estressado? Faça o teste

Todos os dias você tem que estabelecer uma relação positiva com a clientela, pois este é o ofício de quem atende clientes. Mas terá, igualmente, que estabelecer uma relação positiva com alguém tão importante quanto o cliente: você mesmo. Você tem que saber gerenciar a si mesmo, ao seu humor, seus aborrecimentos, aflições e eventuais frustrações. Isso faz parte da regra do jogo. O importante é conscientizar-se de que você só terá sucesso em seu trabalho se aprender a lidar e administrar o estresse e se tiver autocontrole para superar adversidades em sua vida, e também souber lidar com os problemas menores do dia a dia e que podem tornar-se uma verdadeira pedra no sapato.

TESTE  DE  ESTRESSE

Continue lendo...

Recomeço

Recomeçar pode ser equiparado com nascer, os dois representam mudança de fase e igualmente doem.

O nascer nos tira do aconchego do útero materno nos arranca da proteção para sermos atirados a luta pela sobrevivência em um mundo de milhões a cata do seu lugar ao sol. Talvez por isso o choro ao nascer no lugar do riso, talvez até com dor e vontade de agarrar aquele cordão que se esvai de tão pequeno corpo sem que nada possa ser feito. Mas, caberá a ele, o novo ser, o desafio de conseguir encontrar o seu lugar e a plenitude da vida fora daquela barriga e amar o seu novo mundo tirando dele tudo o que puder para ser feliz.

Recomeçar é como um nascer de novo, uma nova chance, é encerrar uma fase e dar inicio a outra. Tem que ter coragem e tem que querer para não correr o risco de ficar no meio do caminho, no umbral, só se lamentando tentando se curar das feridas e não dar o próximo passo.

Recomeçar dói, pois é um descobrir. É um andar no escuro com a promessa de achar o paraíso. Tem que acreditar e seguir. As respostas não estão prontas, pois cada um tem a sua pergunta. Não tem ensaio é ao vivo. E se não der certo? O recomeço já é o dar certo. Cada dia é um recomeço, é uma oportunidade de fazermos o que ainda não fizemos ou refazermos o que fizemos e não gostamos.

Siga o seu entusiasmo

A palavra Entusiasmo vem de duas palavras gregas “en” e “theos”. Literalmente traduzida significa, “em Deus”.
O entusiasmo é a maior forma de poder concentrado que pode ser criado pela mente. Nada há de grandioso nas criações humanas que não tenha nascido sob a influência da força do entusiasmo. Simbolicamente a energia do entusiasmo pode ser comparada a adrenalina que motiva o homem a agir incansavelmente rumo a uma meta ou objetivo pré-concebido.
O entusiasmo coloca-o numa frequência de poder inconcebível pela mente comum que pode ser capaz de atingir o lago mental da Fonte Universal e daí extrair a Energia Essencial. Da mente entusiasmada, surgiram todas as grandes invenções e criações da humanidade.
Ao se permitir ficar entusiasmado por uma idéia, você vibra numa frequência de nível cósmico, altamente poderosa capaz de elevá-lo do nível da média ao nível da excelência. Por si só, gera um campo magnético que atrai tudo o que lhe seja peculiar para uma rápida concretização do processo criativo. Traduz-se numa fonte de energia superior à emoção, absorvendo ao seu campo de ação pessoas, circunstâncias e eventos favoráveis.
O entusiasmo é o atalho que conduz quem o possui à senda do sucesso. Aniquila o desânimo, reprime o medo e reduz drasticamente o impacto negativo dos obstáculos do caminho.
Mas como obter o entusiasmo estando numa situação desfavorável, perguntaria você.
Como?

O time que você tem hoje é capaz de realizar sua visão?

Se sua resposta é não, alguma falha está ocorrendo com a sua maneira de liderar. Os líderes extraordinários sabem que atividade não representa necessariamente realização. Então, quem sabe você esteja cometendo o erro de pedir ajuda a seus liderados antes de se conectar ao coração deles. E como você faz isso? De duas maneiras:

1. Em vez de falar, ouça: Se o seu problema é falar demais e ouvir de menos, então está perdendo a grande oportunidade de estabelecer conexões mais produtivas e eficazes. Da próxima vez em que estiver numa reunião, faça um esforço consciente para permitir que os outros falem por primeiro. Se for possível, marque uma reunião na qual você não fará nada a não ser ouvir os corações de seus liderados.

2. Em vez de projetar sua imagem, projete Continue lendo...

A ciência da felicidade

Desde a antiguidade clássica a felicidade tem sido tema de debates e investigações filosóficas e religiosas. Nomes fundamentais da Filosofia e da Psicologia se dedicaram à investigação da felicidade e das emoções positivas, mas a grande contribuição da Psicologia Positiva não foi de ter inventado o estudo da felicidade mas tê-la desenvolvido em bases científicas.

Martin Seligman, Professor da Universidade da Pensilvânia e psicólogo, principal fundador dessa ciência, passou a investigar como as pessoas alcançam uma vida mais feliz, com maior satisfação e significado. Passou a focar na identificação e na construção das forças humanas, da felicidade, do bom funcionamento e da excelência.

Partindo da ideia de felicidade de Aristóteles (eudaimonia),  Continue lendo...

IV Parte: Negociação – Seja persuasivo com histórias e com análises…

Muitos executivos buscam persuadir seus interlocutores martelando em fatos, lógicas e análises. Essa pode não ser a forma mais efetiva de fazer com que o outro lado seja mobilizado para agir. Psicólogos monitoraram a atividade cerebral de pessoas durante variadas tentativas de persuasão e perceberam a tendência da atividade cerebral ficar escura ou com poucas evidências de atividade cerebral quando expostos a situações de apelos lógicos e factuais.

Na primeira parte desse artigo, após a nossa discussão a respeito de quem deve fazer a primeira oferta, você consegue lembrar mais:

Primeiro: as conclusões sobre não fazer uma oferta alta, e sim uma flexível.

Segundo: o que houve quando Thomas Edison não falou sua proposta?

Quando as pessoas escutam histórias vívidas ou analogias, Continue lendo...

Liderança questionada

“Lidere, siga ou saia do caminho.”(Ted Turner)

A cada dois anos, o mês de outubro é marcado em nosso país pela ocorrência de eleições. Já dentro dos muros das empresas, as eleições não têm data agendada. Elas acontecem constantemente, em campanhas não declaradas de candidatos a cargos hierarquicamente mais elevados. Chefes que querem se tornar supervisores, que desejam assumir gerências, que sonham com diretorias, que pensam estar preparados para a presidência da companhia. Acredite, seu cargo pode, neste momento, estar sendo alvejado por terceiros, provenientes do seio da empresa ou de fora dela. Afinal, toda liderança é situacional e transitória.

É da natureza humana postular sempre o “mais”. Se você tem um carro popular, trabalha para adquirir um mais Continue lendo...

O Poder do Elogio

O Poder do Elogio

Ernesto Berg

Um elogio, um prêmio ou um reconhecimento, feitos do modo certo, podem funcionar como fatores de grande motivação. Certa ocasião prestei consultoria para uma grande companhia siderúrgica, de capital majoritariamente alemão, em Minas Gerais. Era um trabalho na área de produtividade e desenvolvimento de sistemas gerenciais. Entrevistei dezenas de pessoas, do topo da pirâmide hierárquica até a base operacional. A entrevista que muito me impressionou foi a que eu tive com um dos carvoeiros, cuja função é levar carvão para alimentar os altos-fornos da siderúrgica. É um trabalho braçal desgastante; o uniforme desse pessoal, que é cinza, fica literalmente preto ao final da jornada de trabalho.

Perguntei ao carvoeiro: “No seu trabalho o que você destaca Continue lendo...

Academia do Aprendiz © 2014-2017